Príncipe de Astúrias 100 anos: Neto de sobrevivente vem a Ilhabela participar de homenagens

E X C L U S I V O  !

No próximo dia 6 de março serão completados 100 anos do maior naufrágio da América Latina, ocorrido com o paquete “Príncipe de Astúrias”, dois anos depois do famoso “Tiitanic”, ainda tido como o maior naufrágio do planeta.  A partir de hoje, o Portal Litoral Norte inicia uma série de reportagens sobre a tragédia que ficou para a História na navegação mundial

R E G I N A L D O    P U P O

SELO ASTURIASBarcelona (ESP) – O próximo dia 6 de março será marcado pelo centenário do naufrágio do paquete espanhol “Príncipe de Astúrias”, que sucumbiu ao mar na madrugada de 6 de março de 1916, na Ponta da Pirabura, em Ilhabela, deixando oficialmente 477 mortos de diversas nacionalidades.

Extraoficialmente, possivelmente mais de mil pessoas podem ter morrido no acidente, já que o luxuoso transatlântico levava, em suas cabines inferiores, centenas de pessoas que se refugiavam da Primeira Guerra Mundial.

Vários desses corpos foram localizados durante várias semanas no entorno de Ilhabela. Alguns deles apareceram em Ubatuba. De acordo com relatos dos sobreviventes, inclusive de membros da tripulação, à epoca, o navio se chocou contra as rochas enquanto seus passageiros pulavam o Carnaval a bordo. Da batida ao fundo do mar, foram apenas cinco minutos, tempo insuficiente para que todos pudessem se salvar. Muitos sequer tiveram tempo de sair de suas cabines.

GREGORIO HIJO NIETO 2

Isidor com seu avô Gregorio, que sobreviveu ao acidente

Gregorio

Gregori Siles, que sobreviveu à tragédia

Um dos sobreviventes foi o espanhol Gregorio Siles, que à época tinha 36 anos e trabalhava no “Príncipe de Astúrias” como técnico elétrico, o equivalente a engenheiro eletricista nos dias de hoje.

Seu neto, Isidor Prentice Siles, que hoje tem quase 80 anos e mora em Barcelona, escreveu um livro para retratar as histórias que seu avô lhe contava sobre a tragédia. Ele estará em Ilhabela a partir do dia 3 de março, para participar das homenagens aos mortos no acidente (leia texto abaixo).

“Meu avô morreu 34 anos depois do naufrágio, em 1950, aos 72 anos, de um ataque de asma. Ele fumava muito. Reuni todas as histórias num livro, que foi lançado aqui na Espanha”, conta Prenafeta ao Portal Litoral Norte. Ele diz se recordar dos momentos familiares, quando se reuniam em casa.

“Após escrever nove livros, achei que agora seria a hora certa de contar toda a verdade para tentar desvendar os vários mistérios que circundam o acidente. Levei muito tempo para investigar algumas coisas complicadas”, disse ele, que não adiantou quais seriam essas “coisas complicadas”.

Siles afirmou que está ansioso para retornar o Brasil para as homenagens às vítimas do naufrágio. Ele será recebido pelo também escritor Jeannis Platon, um dos maiores especialistas no assunto, com diversas expedições realizadas aos destroços do navio. “Quero viver todas as emoções de celebração do centenário e aproveitar para conhecer novas pessoas”.

Marinha do Brasil realizará procissão e cerimônia para homenagear vítimas no local do naufrágio

 

OFICIALES PdeA

A tripulação do Príncipe de Astúrias

Ilhabela – A Marinha do Brasil irá realizar no próximo dia 6 de março, data em que serão completados 100 anos do acidente, uma homenagem às vítimas do Príncipe de Astúrias.

Uma procissão sairá da região central de Ilhabela em direção ao local do acidente. Uma coroa de flores será atirada ao mar. O neto do tripulante Gregorio Siles, Isidor Prentice Siles, participará do ato.

Embarcações de diversas marinas e garagens náuticas do litoral norte também participarão da homenagem. A Marinha deverá enviar uma embarcação de grande porte para que o ato seja realizado. Um padre também estará presente para rezar para as vítimas.

 

 

 

 

.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s